Use it or lose it! Nossa responsabilidade comum

Quem boicota a madeira tropical, pensando que está ajudando, na verdade contribui inevitavelmente para sua destruição por corte e queimadas!

Muitos colonos consideram a floresta uma mera fonte de recursos que pode e deve ser explorada agressivamente. Falam do “aproveitamento de terras improdutivas”. A vegetação é simplesmente queimada e depois o terreno aplainado por tratores de esteira. Quando o terreno está “limpo”, (como se diz no Brasil), ele é vendido geralmente como campo de pasto para criadores de gado, ou como área cultivável para a indústria agrícola e alimentícia. Onde antes haviam grandes florestas, garantindo a evaporação de grandes volumes de água para a formação de nuvens de chuva, hoje há gado e soja destinado à exportação. A criação de gado é um dos setores econômicos mais fortes em algumas regiões do Brasil.

Com o modelo do Plano de Manejo Sustentável, a floresta ganha um valor que a protege da destruição descrita anteriormente.

Veja também, no nosso site, o filme a esse respeito, “Madeira tropical sustentável – USE IT OR LOSE IT”, produzido numa cooperação do STTC com a GD Holz e.V. (a Associação Alemã do Comércio da Madeira, com sede em Berlim).